Segurança alimentar facilitada.

Proteja a saúde pública — e sua empresa — com as soluções de conformidade de segurança alimentar da Registrar Corp. Facilitamos a conformidade das instalações de alimentos e bebidas com os requisitos de segurança alimentar dos EUA e a preparação para uma inspeção da FDA. Nossa equipe de Especialistas em Regulamentação de Segurança Alimentar tem a educação, o treinamento e a experiência para ajudá-lo a navegar pelas regulamentações de segurança alimentar da FDA, responder às ações de aplicação da FDA e alcançar a conformidade.

food-safety-header

Ofertas de segurança alimentar da Registrar Corp

Os especialistas da Registrar Corp estão qualificados para fornecer assistência em uma variedade de necessidades de conformidade com a segurança de alimentos da FDA inclusive:

food-right-blue
mock-inspection

Inspeções simuladas de instalações de alimentos e FSVP da FDA

fsvp-plans

Programas de verificação do importador e soluções FSVP

harpc-plans

Planos de segurança alimentar

haccp-plans

Planos HACCP
(suco e
frutos do mar)

defence-plans

Planos de defesa alimentar

food-left-blue

Nossa equipe profissional de segurança de alimentos inclui especialistas com diplomas avançados em ciência de alimentos, ampla experiência em auditoria e formação em regulamentação no setor de alimentos dos EUA. Nossos especialistas também concluíram com sucesso o treinamento sob os currículos padronizados reconhecidos pela FDA. Eles estão totalmente qualificados para desenvolver planos escritos abrangentes e orientá-lo através da conformidade regulatória.

APPCC e planos de segurança de alimentos

Trabalhe com a Registrar Corp para desenvolver seu plano de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (HACCP) e o plano de Segurança de Alimentos, conforme exigido pela Regra de Controles Preventivos.

food-safety-plans

Planos HACCP

O HACCP é uma abordagem sistemática para a identificação, avaliação e controle de riscos à segurança de alimentos. Os processadores de frutos do mar e sucos têm sido, por muito tempo, obrigados pela FDA a desenvolver e implementar um plano HACCP de acordo com os regulamentos da FDA (21 CFR 123 e 21 CFR 120) para minimizar ou eliminar perigos biológicos, químicos e físicos significativos. Programas de pré-requisitos e SSOPs estabelecem a base para um sistema HACCP bem-sucedido. É importante observar que os requisitos do HACCP da FDA variam de outras abordagens ou certificações do HACCP reconhecidas internacionalmente. Portanto, o(s) indivíduo(s) que desenvolverem um plano HACCP para conformidade com a FDA devem ter formação, treinamento ou experiência na aplicação dos requisitos do HACCP da FDA específicos para frutos do mar ou sucos.

Planos de segurança alimentar

Com a aplicação da Lei de Modernização da Segurança Alimentar (FSMA), a FDA exige que a maioria das instalações de alimentos registradas escreva e implemente um Plano de Segurança Alimentar de acordo com as Regras de Controles Preventivos para Alimentos Humanos e Animais encontradas em 21 CFR 117 e 21 CFR 507, respectivamente. Como um plano de APPCC, um Plano de Segurança Alimentar fornece uma abordagem sistemática para a identificação de perigos à segurança alimentar que devem ser controlados para prevenir ou minimizar a probabilidade de doenças ou lesões transmitidas por alimentos. Diferente da abordagem HACCP, a Regra de Controles Preventivos exige que s identifiquem e abordem outros perigos (ou seja, perigos radiológicos e adulteração economicamente motivada) e medidas de controle mais rigorosas em relação à cadeia de suprimentos, saneamento e alérgenos. O Plano de Segurança de Alimentos deve ser escrito e sua implementação deve ser supervisionada por um indivíduo qualificado para controles preventivos (Preventive Controls Qualified Individual, PCQI).

Se você processar alimentos destinados ao mercado dos EUA sem um APPCC ou Plano de Segurança Alimentar adequado, a não conformidade resultará em uma ação de aplicação da FDA que vai desde o recebimento de um FDA 483 até a colocação no Alerta de Importação de DWPE. A equipe de segurança de alimentos da Registrar Corp é composta por indivíduos treinados em APPCC e PCQIs com experiência para desenvolver planos de APPCC e segurança de alimentos em conformidade para seus produtos.

businessman


Programa de Verificação de Fornecedor Estrangeiro (FSVP)

O Programa de Verificação de Fornecedores Estrangeiros para Importadores (Regra FSVP), uma disposição da FSMA, estende a responsabilidade da segurança alimentar aos importadores dos EUA, o que proporciona uma camada adicional de proteção ao consumidor

De acordo com a regra do FSVP, a maioria dos importadores dos EUA deve desenvolver FSVPs para oferecer garantias adequadas de que seus fornecedores estrangeiros cumprem processos e procedimentos com o mesmo nível de proteção à saúde pública que os exigidos nos controles preventivos para segurança de alimentos ou produtos de origem humana ou animal e para evitar adulteração e marca incorreta em relação a alérgenos.

Comece a usar seu FSVP hoje. Nossos especialistas em segurança alimentar estão qualificados por meio de educação, treinamento e experiência para desenvolver, revisar e/ou implementar FSVPs em seu nome.

Planos de defesa alimentar

Os planos de Food Defense são projetados para proteger o fornecimento de alimentos contra adulteração intencional. De acordo com a FSMA, as empresas de alimentos e bebidas registradas na FDA devem elaborar um plano de defesa alimentar no qual conduzam uma avaliação de vulnerabilidade, identifiquem etapas acionáveis do processo e implementem estratégias de mitigação nas suas instalações e processos.

Os especialistas em segurança alimentar da Registrar Corp também estão qualificados para desenvolver um plano de defesa alimentar para sua instalação ou revisar seu programa atual de defesa alimentar.

factory-emp
fisherman

Programas de
verificação de importadores de frutos do mar e sucos

Os importadores de frutos do mar e sucos devem ter e implementar procedimentos de verificação por escrito que forneçam garantias de que os produtos importados foram processados em conformidade com a regulamentação HACCP de frutos do mar (21 CFR 123, 1995) ou regulamentação HACCP de sucos (21 CFR 120, 2001), conforme o caso. O não cumprimento pode resultar em ações regulatórias sérias.

A Registrar Corp pode ajudar os importadores de frutos do mar e sucos a desenvolver seus programas de verificação de importadores.

Inspeções simuladas da FDA

Empresas de alimentos e bebidas registradas na FDA e importadores dos EUA podem ser inspecionados a qualquer momento, o que significa que a preparação é crucial. Na Registrar Corp, oferecemos dois tipos de inspeções simuladas: a inspeção de instalações de alimentos da FDA (no local ou virtualmente) e a inspeção de FSVP para importadores dos EUA (remotamente).

Essa assistência pré-inspeção pode ajudar a identificar problemas de conformidade de segurança alimentar associados aos seus processos, procedimentos e registros. Nossa equipe também fornece um relatório escrito ou oral com observações e recomendações para atender aos requisitos de segurança de alimentos da FDA.

mock-fda

Obtenha conformidade com as soluções de segurança alimentar da Registrar Corp.

Dê o primeiro passo e preencha o formulário para começar.

Perguntas frequentes

Além dos perigos biológicos, químicos e físicos identificados em um plano APPCC, um plano de segurança alimentar também deve identificar e estabelecer controles para perigos radiológicos, perigos introduzidos intencionalmente para ganho econômico e alérgenos. Quando o APPCC exigir controles em pontos de controle críticos, os “controles preventivos” exigidos em um plano de segurança de alimentos podem ser aplicados em outros pontos de um processo e podem abranger controles de alérgenos, saneamento e cadeia de fornecimento.

Um plano de segurança alimentar também deve ser redigido e supervisionado por um indivíduo qualificado para controles preventivos (Preventive Controls Qualified Individual, PCQI), uma pessoa que concluiu um currículo padrão aprovado pela FDA ou é qualificada por meio de educação, treinamento ou experiência para desenvolver e aplicar um sistema de segurança alimentar.

Para obter uma explicação mais abrangente das diferenças entre esses dois planos, faça download do nosso whitepaper.

De acordo com a regra do FSVP, um “importador do FSVP” deve ser identificado para remessas cobertas ao registrar entradas na alfândega dos EUA. O importador do FSVP é responsável pela conformidade com o FSVP e pode ser contatado pela FDA para inspeções de rotina do FSVP ou se surgir uma preocupação com a segurança alimentar.

A instalação que exporta não pode designar um importador de FSVP diferente, nem o importador pode se recusar a ser listado como importador de FSVP se atender à definição da FDA.

A FDA define um importador FSVP como o proprietário ou consignatário dos EUA de um artigo de alimento oferecido para importação para os EUA. O proprietário ou consignatário dos EUA é a pessoa nos Estados Unidos que, no momento da entrada de um artigo de alimento nos Estados Unidos, possui o alimento, comprou o alimento ou concordou por escrito em comprar o alimento.

Se não houver proprietário ou consignatário dos EUA de um artigo de alimento no momento da entrada nos EUA, então o importador do FSVP seria o agente ou representante dos EUA do proprietário ou consignatário estrangeiro no momento da entrada, confirmado em uma declaração de consentimento assinada (21 CFR 1.500)

Os importadores sujeitos à regra FSVP devem ter e implementar um programa de verificação de fornecedores estrangeiros (FSVP) que garanta que seus fornecedores estrangeiros cumprem com os requisitos de controles preventivos para alimentos para humanos e animais ou com os requisitos de segurança de produtos agrícolas, conforme o caso. Eles também devem garantir que os alimentos importados não sejam adulterados ou mal marcados com relação a alergênicos.

Os requisitos padrão do FSVP incluem:

  • Determinação de perigos conhecidos ou razoavelmente previsíveis associados a cada alimento
  • Avaliação do risco alimentar com base na análise de perigos e no desempenho do fornecedor estrangeiro
  • Avaliação dos fornecedores estrangeiros para aprovação e verificação de fornecedores
  • Realização de atividades de verificação de fornecedores (análise de registros de segurança de alimentos, auditorias no local, testes e amostragem de remessas de produtos importados, etc.)
  • Realização de ações corretivas
  • Identificação do Importador FSVP na entrada

(consulte 21 CFR 1.500-1.514 e 21 CFR 1.506(d)(1)(ii)))

Os regulamentos FSVP não se aplicam a certos produtos de carne, aves e ovos sujeitos aos regulamentos do USDA no momento da entrada nos EUA, que incluem:

  • Produtos alimentícios de carne que, no momento da importação, estão sujeitos aos requisitos do USDA de acordo com a Lei Federal de Inspeção de Carne (FMIA).
  • Produtos avícolas que, no momento da importação, estão sujeitos aos requisitos do USDA de acordo com a Lei de Inspeção de Produtos Avícolas (PPIA) (21 U.S.C. 451 et seq.).
  • Produtos de ovos que, no momento da importação, estão sujeitos aos requisitos do USDA de acordo com a Lei de Inspeção de Produtos de Ovos (EPIA) (21 U.S.C. 1031 et seq.).

A adulteração intencional é qualquer ato em que alguém tenha a intenção de causar danos à saúde pública em larga escala, incluindo atos de terrorismo.

To top